Ano de lançamento:
País:
Gênero:
Duração:

Tudo impressiona em Human Flow: a movimentação sem rumo das pessoas pelo mundo, a quantidade de gente, o semblante desesperado dessa gente. As tomadas aéreas, a beleza da natureza, a sensibilidade do diretor chinês, que mostra, com força, como somos e estamos desequilibrados. Human Flow é bem isso: fluxo humano. São 65 milhões de pessoas […]

Saiba mais
Roteiro:
País:
Gênero: ,

Do diretor Denys Arcand, o que eu mais gosto é, sem dúvida, Invasões Bárbaras. Sobre muitos assuntos, tantos quantos cabem numa vida, mas essencialmente sobre a amizade que fica entre as pessoas que se amam e que se cativam com o passar dos anos, mesmo com as transformações inevitáveis por que passamos. É da prateleira […]

Saiba mais
Ano de lançamento:
País:
Gênero: ,
Estado de espírito: ,
Duração:

A metáfora da neve é interessante. Neve congela, é o elemento do filme que unifica o presente e o passado. Palavras do diretor Martin Hodara, que esteve em São Paulo para o lançamento. Os flashbacks para entender o que leva os três personagens para os confins do mundo, num lugar onde só há neve, floresta, […]

Saiba mais
Ano de lançamento:
País:
Gênero:
Duração:

Em vez da gente ficar reclamando que o mundo está poluído demais, aquecido demais, destruído demais, ruim demais, que tal ir atrás de soluções? Por menores que sejam, as mudanças transformam, são capazes de fazer as pessoas replicarem as ideais e causam efeitos multiplicadores. Se gentileza causa gentileza, uma melhor qualidade de vida acaba, naturalmente, atraindo […]

Saiba mais
Ano de lançamento:
País:
Gênero:
Estado de espírito:
Duração:

A vida é dura para o menino Zezé. É pobre de dinheiro, pobre de pai (que bebe demais e o maltrata), pobre de compreensão. Mas não pobre de espírito, muito menos de imaginação. E é o sonhar acordado que é a tábua de salvação para essa infância sem presente de Natal, sem presença de mãe, […]

Saiba mais
Ano de lançamento:
Gênero:
Estado de espírito:
Duração:

Histórias mirabolantes e inverossímeis são mais fáceis de resolver, no que diz respeito ao lado humano. A ficção, quase tudo aceita. Acho bem difícil passar um sentimento verdadeiro na tela quando se trata de uma história pouco original, de relações já bastante exploradas pelo cinema – o risco de cair no clichê é bem maior. […]

Saiba mais