DESEJO E REPARAÇÃO – Atonement

Cartaz do filme DESEJO E REPARAÇÃO – Atonement
Direção:
Ano de lançamento:
País:
Gênero:
Estado de espírito:
Duração:

Opinião

Desejo e Reparação, baseado no romance de Ian McEwan, vale a pena por vários motivos. Além de figurino e fotografia lindos, reconstitui maravilhosamente a Inglaterra de antes da guerra, com seus costumes, luxo, mansões no campo, utensílios, sotaque e tudo mais. Além disso, conta uma história, interessante por si só.

No verão de 1935, a família de Cecilia Tallis (Keira Knightley, também em A Duquesa) reúne os amigos em sua casa de campo e sua irmã menor Briony, então com 13 anos, desconfia da relação de Cecilia com o filho do caseiro, Robbie (James McAvoy). Acaba presenciando o que não devia e, munida de uma fértil imaginação por ser escritora precoce, faz uma séria acusação. Robbie é preso e a atitude da garota mimada tem sérias e definitivas consequências na vida de todos.

Enredo por enredo, prefiro não entrar em detalhes. Eu não conhecia a história até assistir ao filme e confesso que fiquei bastante envolvida até o final. Por isso, não vou adiante. Vale saber que chega até os dias de hoje, passando pela eclosão da guerra em si, pela destruição das vidas e esperanças e pela tomada de consciência tardia e, portanto, irreparável.

Trailers

Comentários