COLECTIV – COLLECTIVE

Cartaz do filme COLECTIV – COLLECTIVE

Opinião

“Quando a imprensa se curva diante das autoridades, elas maltratam o cidadão.”

Colectiv é sobre denúncia, sobre o poder da imprensa diante de autoridades corruptas. Em 2015, a boate Colectiv pega fogo, as saídas de emergência não funcionaram, 27 pessoas morrem. Há dezenas de feridos que são atendidos nos hospitais, mas que começam a morrer de infecção.

Colectiv mostra a investigacão depois da tragédia e o desmantelamento de uma rede de corrupção e fraudes no sistema de saúde. Liderada por um jornalista esportivo que desconfia que o buraco é mais embaixo, as revelações derrubam ministro e mostram o quanto a sociedade está sujeita aos maus tratos de autoridades gananciosas. Escancara o poder público que não faz seu trabalho e comete crimes.

Colectiv vai além do incêndio, da perda de vidas humanas, da mutilação de tantas outras, tanto física quanto emocionalmente.  Entra na seara do papel inquestionável da imprensa enquanto porta-voz da sociedade diante da vulnerabilidade do indivíduo e do coletivo. Tem eco no Brasil e no mundo – enquanto a política não for feita em nome do cidadão.

 

Comentários