RABIYE KURNAZ VS GEORGE BUSH

Cartaz do filme RABIYE KURNAZ VS GEORGE BUSH

Opinião

Assistido na 72ª Berlinale_2022

Este seria um filme político se não fosse pela apresentadora, atriz, comediante Meltem Kaptan. No papel da mãe incansável que vai até a Suprema Corte americana em busca de justiça pela filho, Kaptan é a alma de RABIYE KURNAZ VS GEORGE W. BUSH. Se a Berlinale der a ela o Urso de Ouro de melhor atriz, será muito bem dado.

Logo depois do atentado às Torres Gêmeas em Nova York, seu filho Murat é acusado de terrorismo e enviado, sem julgamento, para a prisão de Guantanamo, em Cuba. Rabiye é uma mulher comum de origem turca como tantas outras em Bremen, que toca a vida da família em frente. Não tem qualquer experiência jurídica, nem conhece o caminho das pedras, mas com a ajuda de um advogado de direitos humanos – convencido às duras penas e depois de muita insistência -, ela consegue processar o govern

 

o americano, ou seja, o presidente Bush (daí o título do filme), exigindo os direitos do filho de ser julgado.

Tudo isso pra voltar a dizer que sem Kaptan, isso seria político. Mas Kaptan é comediante e seu humor e espontaneidade na telona como mulher comum, protetora, corajosa e determinada são fundamentais pra fazer deste filme uma história especialmente cativante. E real, numa longa e inacreditável jornada, que rendeu uma bela amizade entre Rabiye e seu querido advogado.

 

Comentários