cinegarimpo

netflix

GARIMPO NA NETFLIX 8
CLASSIFICAÇÃO: Lista - 26/02/2016

Na foto, Marley e Eu, com Owen Wilson e Jennifer Aniston.

Sem Comentários » TAGS:  
GARIMPO NA NETFLIX 7
CLASSIFICAÇÃO: Lista - 29/12/2015

Sétima lista de Garimpo na Netflix – pra você aproveitar o feriado!

Na foto: Gênio Indomável, com o Robin Williams, Matt Damon e Ben Affleck.

Sem Comentários » TAGS:  
GARIMPO NA NETFLIX – 6
CLASSIFICAÇÃO: Lista - 01/10/2015

Já estava na hora de soltar mais uma lista de dicas interessantes no Netflix Brasil. São 10 filmes, bem variados no tema, nacionalidade e estado de espírito com sempre: tem desde o clássico imperdível Lawrence da Arábia, até o polonês Ida, vencedor do Oscar de melhor filme estrangeiro (foto) e o ótimo filme de Polanski, Deus da Carnificina (já que ele está em cartaz com seu novo filme, A Pele de Vênus).

Bom garimpo!

 

Sem Comentários » TAGS:  
GARIMPO NA NETFLIX – 5
CLASSIFICAÇÃO: Lista - 08/07/2015

Mais 10 filmes bacanas do Netflix Brasil e bem diferentes entre si. Assim, todo mundo recebe uma dica boa, de acordo com seu estado de espírito, pro fim de semana com chuva! Será?

Anna Kendrick e George Clooney em Amor Sem Escalas (Up In The Air) – um dos bons filmes garimpados (na foto).

 

 

Sem Comentários » TAGS:  
MAIS 10 FILMES BACANAS na NETFLIX BRASIL – 4
CLASSIFICAÇÃO: Lista - 09/01/2015

Já está pronta a quarta lista de filmes que recomendo assistir no Netflix Brasil. Garimpe, porque sempre tem produções novas e interessantes. A nossa sorte é que o acerto só está aumentando – pra melhor! Acima a imagem de Richard Gere em Sempre ao Seu Lado (A Dog’s Story) – é superemocionante.

Sem Comentários » TAGS:  
GARIMPO DE BOAS DICAS NA NETFLIX 2
CLASSIFICAÇÃO: Lista - 10/10/2014

Fonte de bons filmes, sempre com novidades, o Netflix é uma opção ótima pra quem gosta de garimpar. Fiz a lição de casa e aí vai a segunda lista de filmes bacanas pra ver online. Sempre dentro do intuito do Cine Garimpo: variar nacionalidades, estilos e linguagens pra você ter opção de escolher de acordo com o estado de espírito e curtir o programa! A foto é do argentino Abutres, de Pablo Trapero. Um filme duro, com Ricardo Darín, que poderia muito bem se passar aqui no Brasil.

 

Sem Comentários » TAGS:  
ATÉ A ETERNIDADE – Les Petits Mouchoirs
CLASSIFICAÇÃO: Para se Emocionar, Garimpo na Locadora, França, Drama - 05/07/2012

Algo a mais faz este filme ser especial. Talvez seja a cumplicidade que os atores tenham na vida real. São amigos de fato, o diretor Guillaume Canet é casado com Marion Cotillard, François Cluzet e Valérie Bonneton eram marido e mulher. Claro, muda tudo, já que o filme nada mais é do que um retrato das intimidades da amizade, dos perigos e acertos que isso implica, de como o tempo dá conta de criar cumplicidade e ao mesmo tempo encobrir pequenas e perigosas mentiras.

E por falar em mentiras, o título em português foge do que foi pensado originalmente. Em francês “Les Petits Mouchoirs” refere-se à parte da expressão que  equivaleria à nossa “colocar sujeira embaixo do tapete”, ou “Little White Lies”, título escolhido para a versão inglesa. Em português, Até a Eternidade remete à amizade do grupo, mas deixa de lado essa sutileza que é abordada o tempo todo em que os amigos se reúnem, trazendo à tona as fraquezas, mentiras, excessos que o tempo foi escondendo. E que são, a bem dizer, o motor desta linda e emocionante produção, dirigida com muita sensibilidade e cuidado por Guillaume Canet (ator em Apenas uma Noite, O Último Voo).

O tema é conhecido: amigos de longa data fazem tudo juntos, têm muita história para contar e passam sempre uma temporada de verão na casa de praia de Max (François Cluzet, também em Paris), casado com Vero (Valérie Bonneton, também em Adeus, Primeiro Amor, Horas de Verão). Neste verão específico, resolvem ir, mesmo depois de Ludo (Jean Dujardin, também em O Artista) sofrer um grave acidente. No momento de fraqueza, dor e ansiedade, a roupa suja é lavada e as relação se transformam para sempre.

Quem brilha é Marie (Marion Cotillard, também em Contágio, Meia-Noite em Paris, A Origem, Nine, O Último Voo, Piaf – Um Hino ao Amor), com suas questões e dramaticidade pessoais, ao lado de seus amigos que enfrentam as incertezas e mudanças que veem com a idade e com as diferentes fases da vida, e que muitas vezes precisam de um fato traumático para serem aceitas. O título Até a Eternidade realmente não tem charme algum. Mas o filme é envolvente do começo ao fim, fala para todos nós e com todos nós, sem exceção. E toca fundo. Quem não se identificar que jogue a primeira pedra.

DIREÇÃO e ROTEIRO: Guillaume Canet ELENCO: François Cluzet, Marion Cotillard, Benoît Magimel, Gilles Lellouche, Jean Dujardin, Laurent Lafitte, Valérie Bonneton, Pascale Arbillot | 2010 (154 min)

Sem Comentários » TAGS:  

CATEGORIAS

INSCREVA-SE PARA RECEBER NOSSA NEWSLETTER

Você também pode assinar listas específicas: