cinegarimpo
SICARIO: TERRA DE NINGUÉM – Sicario
CLASSIFICAÇÃO: Policial, Para Pensar, Para Entender o Nosso Mundo, Garimpo na Locadora, Estados Unidos, Drama, Ação - 22/10/2015

A expectativa em torno de tudo que Davis Villeneuve põe a mão é sempre enorme pra mim. Se você não tem como referência Incêndios, aproveita pra ver. Uns dizem que superestimaram o direitor canadense com esse filme. De jeito nenhum. Incêndios é de fato espetacular na forma, no drama, no roteiro e na intensidade do envolvimento do espectador – você não desgruda da tela, não só porque é bem feito tecnicamente, mas porque a crueldade do ser humano move você de um jeito assustador. (Também é do diretor Os Suspeitos e O Homem Duplicado, que também merecem sua atenção.)

Sicario tem esse viés parecido da índole ruim e vingativa inerente ao ser humano, que joga mil baldes de água fria em qualquer conduta baseada, acima de tudo, na ética e na justiça. Aqui, diferenciar certo e errado não é o que importa; o foco é deixar bem claro quem manda e onde. Simples assim.

Então, prepare-se para uma batalha constante entre questionamentos sérios e sorrisos irônicos; entre a autoridade oficial e as respostas evasivas e identidades veladas. Assim é esse momento devastador da vida da agente especial do FBI Kate Macer (Emily Blunt, também em Caminhos da Floresta, A Jovem Rainha Vitória), quando é escalada para participar de uma missão especial no combate às  drogas na fronteira dos Estados Unidos e México. A operação é estranha, os membros da equipe não são todos devidamente identificados como integrantes oficiais da força especial, as ações não são todas executaras dentro do padrão de qualidade e ética, e nem tudo deve ser reportado aos superiores. Faz parte desse cenário atores do porte de Benicio Del Toro (21 Gramas) e Josh Brolin (também em Evereste) – sem eles a verdade seria menos verdadeira.

O que acontece no “campo de batalha” dessa guerra contra e entre os cartéis é coisa de terra sem lei. “Sicario” quer dizer matador de aluguel. Mas nesse inferno, mata-se mesmo sem ser remunerado pra isso. É o melhor que se tem a fazer é não perguntar o porquê. Questionou, vai dançar.

DIREÇÃO: Denis Villeneuve ROTEIRO: Taylor Sheridan ELENCO: Emily Blunt, Josh Brolin, Benicio Del Toro | 2015 (121 min)

COMPARTILHE: TAGS:  

Envie uma Opinião

CATEGORIAS

INSCREVA-SE PARA RECEBER NOSSA NEWSLETTER

Você também pode assinar listas específicas:

 

 

FALE COMIGO HISTÓRIA DO BLOG