cinegarimpo
OS HOMENS QUE NÃO AMAVAM AS MULHERES – The Girl with the Dragon Tattoo
CLASSIFICAÇÃO: Suspense, Suécia, Para se Divertir - 15/09/2010

DIREÇÃO: Niels Arden Oplev

ROTEIRO: Rasmus Heisterberg, Nikolaj Arcel

ELENCO: Michael Nyqvist, Noomi Rapace, Lena Endre, Peter Haber, Sven-Bertil Taube, Peter Andersson, Ingvar Hirdwall, Sofia Ledarp, David Dencik

Suécia, Dinamarca, Alemanha , 2009 (152 minutos)

Suspense puro. Daqueles de não desgrudar os olhos da tela. A história gira em torno de uma garota desaparecida há cerca de 40 anos – o que, a princípio, não tem nada de original. Mas vale dizer que a trama é muito bem articulada e amarrada. Parece fazer jus ao livro homônimo de Stieg Larsson, o primeiro da trilogia Millennium (os outros dois são A menina que brincava com fogo e A rainha do castelo de ar) – o que é uma boa surpresa, já que nem sempre as adaptações são fidedignas e tão interessantes quanto a história já contada em livro.

Neste caso, é interessante também pelos assuntos que aborda. Uma moça desaparece misteriosamente e 40 anos depois um jornalista investigativo é chamado para desvendar o caso que a polícia não conseguiu nem pistas. Além da trama, o filme sueco fala da inclemente invasão de privacidade nesse nosso mundo virtual, retrato do que é o mundo real de hoje. É graças a ela que o jornalista recebe reforço na sua tarefa, na figura inusitada e estranha, ao mesmo tempo forte e frágil, da hacker Lisbeth. Juntos eles decifram os códigos, o passado e o presente se misturam, os crimes sexuais saltam aos olhos, assim como a frieza dos personagens.

Interessante um suspense sueco – foge bastante daquele estilo contemplativo e calmo que vem dos países nórdicos. Interessante a construção dos personagens-detetives, tão diferentes e tão complementares, que juntos são capazes de gerar uma grande curiosidade pelo que a acontece na sequência da série. Quem quiser se adiantar, o segundo livro está nas livrarias. Parece que a trilogia está também na mira de Hollywood – gosto da versão sueca, do olhar europeu impresso na telona pelo diretor Niels Arden Oplev, das características cruéis e bizarras dos personagens. Pena o autor Stieg Larsson não ter tido o gostinho do sucesso – morreu repentinamente aos 50 anos, antes de a série estourar na Suécia e no mundo todo.

 

 

COMPARTILHE: TAGS:  

Um Comentário to “OS HOMENS QUE NÃO AMAVAM AS MULHERES – The Girl with the Dragon Tattoo”

  1. Just killing some in between class time on Digg and I found your article . Not normally what I prefer to read about, but it was absolutely worth my time. Thanks.

  2. sell this domain at sedo on outubro 11th, 2010 at 13:32

Envie uma Opinião

CATEGORIAS

INSCREVA-SE PARA RECEBER NOSSA NEWSLETTER

Você também pode assinar listas específicas:

 

 

FALE COMIGO HISTÓRIA DO BLOG