cinegarimpo
O LADO BOM DA VIDA – Silver Linings Playbook
CLASSIFICAÇÃO: Para se Divertir, Estados Unidos, Comédia - 01/02/2013

lado bom da vidaDIREÇÃO e ROTEIRO: David O. Russell

ELENCO: Jennifer Lawrence, Bradley Cooper, Robert De Niro

Estados Unidos, 2012 (122 min)

Fazer o jogo do contente e ver sempre o lado positivo das coisas. É com esse lema que o improvável e instável casal formado pelos atores Jennifer Lawrence (também de Jogos Vorazes, Inverno da Alma) e Bradley Cooper (também de As Palavras, Se Beber Não Case) descobrem um ao outro. Cada um com a sua loucura, a meta é seguir a cartilha positiva– e é a isso que o título original diz respeito (Silver Lining Playbooks).

Aqui este detalhe é extremamente importante, já que é ele que vai tirar Pat e Tiffany do limbo e da confusão emocional em que se encontram. Pat acaba de sair do sanatório, onde foi parar ao ser diagnosticado bipolar, armar inúmeras confusões e praticar agressões; Jeniffer é intempestiva, inconstante e transou com todo mundo. Em meio a tanta ansiedade, manter-se positivo acaba abrindo as portas para uma nova relação. E para uma nova estratégia, diferente dos antidepressivos, para sair do buraco.

Mas não pense que estamos falando só de crises. Apesar de deixar bem claro a complexidade dos pacientes e a dificuldade de lidar com tantas intempéries, o diretor David O. Russel (também de O Vencedor) tem o dom de dar graça, leveza e genialidade a personagens comuns, gente sem qualquer heroísmo, além de contribuir para a total empatia entre os atores.

Por essas e outras (que incluem 8 indicações ao Oscar, Globo de Ouro de melhor atriz para Jennifer, assim como o troféu do Sindicato dos Atores – SAG) que vale a pena ver. Tem um tom de família caótica, que de uma maneira ou de outra se entende e se ajuda em meio à total incompreensão, barulho, falas entrecortadas, rojões de ansiedade. Assim como em Pequena Miss Sunshine, senti uma ordem no caos, um porto seguro na tormenta. Robert De Niro é âncora de tudo isso com seu transtorno obsessivo compulsivo. Mas também com seu amor de pai. Em volta dele, brilham Tiffany e Pat, que irradiam uma instável e salvadora alegria.

COMPARTILHE: TAGS:  

Um Comentário to “O LADO BOM DA VIDA – Silver Linings Playbook”

  1. Sensacional, o quanto vale aproveitar a vida, seja ela nos momentos mais delicados ao mais intenso.

  2. sandra on fevereiro 2nd, 2013 at 20:13

Envie uma Opinião

CATEGORIAS

INSCREVA-SE PARA RECEBER NOSSA NEWSLETTER

Você também pode assinar listas específicas:

 

 

FALE COMIGO HISTÓRIA DO BLOG