THE LUNCHBOX

Cartaz do filme THE LUNCHBOX

Opinião

Em Mumbai, na Índia, todos os dias são entregues 175 mil marmitas através de um sistema ultra rudimentar, mas muito eficiente e de baixíssimo custo. As marmitas, ou lunchbox, são preparadas pelas esposas dos trabalhadores, recolhidas na residência por um distribuidor, chamado dabbawalla, que de bicicleta envia para outro, que pega o trem, que entrega para o receptor no local de trabalho, que entrega para o marido da moça que preparou! Depois do almoço, o caminho é feito todo de volta. E dá certo!  É um dos sistemas logísticos mais eficientes do mundo, com teses de doutorado a respeito e com margem de erro muito baixa. O curioso é que grande parte desses distribuidores é analfabeta. Por isso, o sistema, inventado no século 19, baseia-se em códigos de letras, cores e números, para que não haja confusão.

The Lunchbox, o filme, ilustra isso de maneira divertida e leve, e ainda aproveita para dar o recado de que o acaso serve, sim, para mudar a vida das pessoas. Apesar de nunca errarem, a marmita preparada aqui com tempero especial por Ila, que sente o marido muito distante e quer ver se consegue chamar a sua atenção pelo estômago, vai parar no destinatário equivocado desta vez. Quem recebe é Saajan Fernandes (Irrfan Khan, também em Quem Quer Ser Um Milionário e As Aventuras de Pi), um senhor sisudo, emburrado e de mal com a vida e com todos, que estranha a saborosa comida daquele dia. Quando a marmita volta vazia, Ila presume que o marido gostou tanto que comeu tudo. Mas logo percebe que foi para a pessoa errada. Passam a conversar enviando bilhetes dentro da tal marmita.

Além de mostrar com graça e leveza uma realidade tão diferente da nossa e de expor essa curiosíssima forma de entrega – que é referência internacional -, The Lunchbox diz nas entrelinhas que o acaso é transformador e que pode ser sim um gatilho da virada. Solitários, Ila e Fernandes, cada um na sua realidade, param para refletir o que vêm fazendo de suas vidas. Singelo, elegante e saboroso (por que não, já que tem todo o tempero e paladar da comida indiana), cai como uma luva para quem gosta do cinema diferente, fora da caixa, aquele que nos aproxima de outros cotidianos.

 

 

 

Trailers

Comentários