PERDIDO EM MARTE – The Martian

Cartaz do filme PERDIDO EM MARTE – The Martian

Opinião

Coincidentemente, esta semana a NASA divulgou que encontraram água em Marte. É água salgada, sabe-se lá em que condições. Achei engraçado porque essa é uma das batalhas que Matt Damon tem que vencer para sobreviver nesse planeta (tem até um vídeo do ator falando isso no Instagram do cinegarimpo). E o bacana do filme – além, claro, da produção impecável – é perceber o equilíbrio de três pilares: o drama vivido por Mark Watney, que se vê sozinho naquele deserto espacial; a descontração, recheada de passagens bem humoradas e deliciosa trilha sonora dos anos 80; e a ciência, imprescindível para trazê-lo de volta para a Terra.

Depois de ser ferido durante uma tempestade de areia em Marte, o astronauta-botânico Watney (Matt Damon, também em Interestelar, Além da Vida, Invictus) é abandonado por sua equipe em solo marciano, já que foi dado como morto. Ele não só sobrevive, como se propõe a desafiar a falta de água, comida e oxigênio e encontrar um maneira de viver, até que outra missão espacial pudesse dar um pulinho em Marte para resgatá-lo – coisa rápida, talvez uns quatro anos. Sem comunicação, Watney se reinventa, fertiliza o solo infértil, planta batatas, consegue praticamente tirar água de pedra e usa toda a sua criatividade e conhecimento para comunicar-se com a Terra e colaborar para que o plano espetacular de resgate pudesse, pelo menos, ser colocado em prática.

Talvez fosse melhor simplesmente O Marciano, do que Perdido em Marte, numa tradução literal do título original. Porque o que Matt Damon faz é tentar sobreviver como um marciano mesmo, sem qualquer recurso. Vale dizer que esta produção entra na prateleira dos filmes que nos aproximam da realidade espacial inatingível, assim como fez o também ótimo Gravidade. Ridley Scott (também diretor de Blade Runner, o Caçador de Androides, Thelma & Louise, Robin Hood) me fez até ficar satisfeita com a notícia real de que há água em Marte. Afinal, se Mark Watney tivesse sabido disso antes, cortaria um belo caminho nas suas incríveis experiências científicas.

 

DIREÇÃO: Ridley Scott ROTEIRO: Drew Goddard, Andy Weir ELENCO: Matt Damon, Jessica Chastain, Kristen Wiig, Jeff Daniels, Michael Peña, Sean Bean, Kate Mara, Chiwetel Ejiofor | 2015 (121 min)

Comentários