O AMANTE DE RAINHA – A Royal Affair

Cartaz do filme O AMANTE DE RAINHA – A Royal Affair

Opinião

Mads Mikkelsen é a referência nas telas quando se fala de cinema dinamarquês. A primeira vez que vi o ator foi em Depois do Casamento, da diretora Suzanne Bier. Tem um olhar misterioso e sério, próprio de personagens que nos causam dúvida, intrigantes. Ponto pra ele.

Só depois assisti a Coco Chanel & Victor Stravinsky, em que sua presença já não me  chamou tanta atenção, parece ainda imaturo na tela. Acho que Mikkelsen se destaca em personagens mais controversos e capciosos, como em A Caça, que foi exibido na Mostra de SP e é espetacular.

Em O Amante da Rainha, Mikkelsen está brilhante e ofusca qualquer atuação sem sal da princesa da Grã-Bretanha, Caroline Mathilde (Alicia Vikander), que se casa com Christian VII (Mikkel Boe Folsgaard), rei da Dinamarca. Isso acontece em 1766, quando o pensamento Iluminista está borbulhando na Europa e o poder da realeza sendo questionado.

Famoso por ser um sujeito esquisito, cheio de manias, boêmio e promíscuo, e por ter um comportamento alheio às questões políticas, sociais e econômicas do país, Christian também é alheio à esposa, que se entedia e acaba se apaixonando pelo médico alemão Johann Struensee (Mikkelsen). Struensee é escolhido para ser o médico particular do rei, depois o oficial da corte. Entra na intimidade do palácio, passa a aconselhar o rei em todas as esferas, inclusive política e pessoal. No que diz respeito ao país, dita as regras inspiradas no Iluminismo que está virando a Europa de cabeça para baixo; na seara pessoal, invade os aposentos da rainha.

Caroline Mathilde não só tem que enfrentar  a saia justa perante a corte dinamarquesa no século XVII, mas também o exílio na Alemanha. O filme é o concorrente dinamarquês ao Oscar de melhor filme estrangeiro, disputando a estatueta com o francês Amor. Além de esteticamente lindo, o filme mostra um interessante momento histórico e os bastidores do romance proibido. Um prato cheio para quem gosta de romance de época.

Trailers

Comentários