FRANKIE

Cartaz do filme FRANKIE

Opinião

Diretor americano, atores franceses e americanos, cenário português – casa bem com o teor de filmes sobre família, de pessoas diferentes que convivem apesar das diferenças e que existe em qualquer lugar do mundo. Aqui, a matriarca reúne todos porque está doente, quer passar uns dias junto com todos e ali somos apresentados para as questões de relacionamento mais evidentes em cada um.

No comando dos bastidores das relações está Frankie (Isabelle Huppert, também em Elle) no papel da mulher madura e controladora, que saca cada um dos membros da família como ninguém. Frankie observa como cada um se comporta, dá palpite em tudo e deixa seu recado. Fato é que a vida continua e cada um vai fazer o que bem entender dela – queira Frankie ou não.

Lento e às vezes desinteressante – inclusive com personagens que não parecem fazer parte da narrativa -, Frankie é interessante na temática desse pout pourri de gente diferente que são as famílias. O melhor é a cena do desfecho – cada um no seu rumo, mesmo que seja sem qualquer direção.

Comentários