FIRST COW | 70. BERLINALE

Cartaz do filme FIRST COW | 70. BERLINALE

Opinião

A ave constrói o ninho; a aranha, a teia; o homem, a amizade. É com essa frase do poeta William Blake que a diretora americana Kelly Reichardt começa seu filme. First Cow é um filme sobre a amizade entre dois homens, sobre como eles tratam os animais – embora jornalistas sempre tenham a tendência de fazer mil reflexões que nem foram pensadas.

Isso disse a própria diretora na entrevista coletiva do filme no Festival de Berlim 2020. Claro que podemos falar da finitude dos recursos naturais, do surgimento das relações comerciais, dos imigrantes em terras americanas. São elementos presentes no filme que se passa no começo do século 19, na corrida pelo ouro no oeste americano, quando um chinês e um americano se conhecem e ficam amigos até o fim.

Poético e delicado, de uma fotografia belíssima, traz esse título porque é justamente a primeira vaca jamais vista na região que vai possibilitar a amizade entre esse americano com dotes culinários e o chinês, com tino comercial sem igual.

  • First Cow está na Competição pelo Urso de Ouro na 70. Berlinale

Comentários