Ano de lançamento:
Gênero: ,
Estado de espírito: ,
Duração:

Demorei pra digerir a nova experiência de Malick na tela. É dele também A Árvore da Vida, que levou a Palma de Ouro, mas gerou estranheza, comentários do tipo esse-cara-viaja-demais. De Canção em Canção é isso, uma experiência. Tem que se jogar, embarcar na viagem do diretor, mas sem querer sentar na janela. Apenas vá […]

Saiba mais
Ano de lançamento:
Gênero: ,
Duração:

Eterna dívida americana, a escravidão. Aliás, deveria ser dívida pra todo país que funcionou ou funciona desta forma. No Brasil, nem se fala. Essa história de feriado da Consciência Negra é justamente falta de consciência. Mas nos Estados Unidos parece que há algum tipo de redenção, vide o atual presidente negro. Embora passado seja passado, […]

Saiba mais
Ano de lançamento:
Gênero:
Estado de espírito:
Duração:

Filmes de época não agradam a todos, eu sei. Mas Jane Eyre, baseado no romance de Charlotte Brontë de 1847, conta uma boa história, com uma produção cuidadosa e ótimo elenco. A começar por Mia Wasikowska (também em Albert Nobbs, Inquietos, Minhas Mães e Meu Pai, Alice no País das Maravilhas), que vive a protagonista […]

Saiba mais
Ano de lançamento:
País:
Gênero:
Estado de espírito:
Duração:

Shame não é para qualquer dia, nem para qualquer pessoa. É daqueles filmes aflitivos do começo ao fim, intensos na complexidade humana, na dificuldade de relacionamento consigo mesmo e com os outros, na carga familiar negativa e nos estragos que ela imprime na vida para sempre. Passei o filme torcendo para que o excelente Brandon Sullivan […]

Saiba mais
Ano de lançamento:
Gênero: ,
Estado de espírito:
Duração:

O Cine Garimpo não me deixaria mentir se agora eu dissesse que adoro filmes de super-heróis. É só entrar no blog e ver que não há realmente muitos deles por aqui. Mas o que li sobre X-Men, Primeira Classe me chamou a atenção e resolvi checar. Fiquei surpresa, não só com o filme, mas com a minha […]

Saiba mais
Ano de lançamento:
Gênero: ,
Duração:

Bastardos Inglórios é arrasador por vários motivos. Na minha opinião, o mais importante deles, que resume todos os outros, é o seguinte: Tarantino fez o que o mundo todo queria fazer, que era dar o troco, com inteligência e ironia. Usando o cinema como pano de fundo da trama eletrizante, o filme se passa na França ocupada pelos […]

Saiba mais