Ano de lançamento:
País:
Gênero:
Duração:

François Ozon tem uma sofisticação sem fim. No refino e na complexidade das relações, na teia que vai se embrenhando pelos personagens, suas ações e consequências. O Amante Duplo conta uma história, mas acima dela estão camadas e mais camadas de sutilezas, escolhas – do diretor e roteirista, e também dos personagens –, e finalizações amarradas. Inimagináveis. […]

Saiba mais
Ano de lançamento:
Gênero:
Duração:

François Ozon costuma falar nas entrelinhas. Não é um cinema óbvio – o que eu mais gosto são os olhares que ele lança entre os personagens, deixando implícito algo que cada um pode imaginar. É assim em Uma Nova Amiga, Dentro da Casa, O Refúgio, Amor em 5 Tempos – este último, arrasador. Frantz é […]

Saiba mais
Ano de lançamento:
País:
Gênero:
Estado de espírito:
Duração:

Quem conhece algo da filmografia de François Ozon, vai entender melhor quando digo que ele se superou. Quem ainda não conhece, garimpe. Além de dirigir praticamente um filme por ano, há 15 anos, dirige com uma personalidade e originalidade impressionantes. Não se repete – que fique bem claro. Vou repetir o que disse no comentário […]

Saiba mais
Ano de lançamento:
País:
Gênero:
Estado de espírito:
Duração:

Desta vez François Ozon segue outro caminho. Não é o casamento em frangalhos de Amor em 5 Tempos, nem a paródia de Potiche – Esposa Troféu. Também não tem o elemento surreal de Ricky, ou a melancolia de O Refúgio. Dentro da Casa fala da criatura e do criador, do tanto que eles se confundem, tornam-se […]

Saiba mais
Ano de lançamento:
País:
Gênero:
Duração:

Do colapso, à solidão, ao medo, à alegria, ao encantamento, à Itália, onde tudo começou. Na ordem inversa, com muita profundidade – principalmente no que diz respeito às entrelinhas, à fuga inteligente e sensível do óbvio – François Ozon dirige O Amor em 5 Tempos (também de Ricky, O Refúgio, Potiche – Esposa Troféu). Neste […]

Saiba mais
Ano de lançamento:
País:
Gênero:
Estado de espírito:
Duração:

Lá vou eu de novo com as observações sobre os idiomas. Acho importante dizer que Potiche, mantido no título em português, quer dizer algo decorativo, que não tem importância ou utilidade. Aplica-se para um objeto, mas também para uma pessoa. Aqui, a Potiche da história é nada mais, nada menos que Catherine Deneuve, que como sempre […]

Saiba mais
Ano de lançamento:
País:
Gênero:
Estado de espírito: ,
Duração:

Já na primeira cena percebemos que algo não vai bem. A operária Katie (Alexandra Lamy) está diante de uma assistente social pedindo socorro. Não consegue mais cuidar dos filhos por conta própria, o bebê só chora, o aluguel está atrasado e o namorado foi embora. Só no final é que percebi o quanto essa específica […]

Saiba mais
Ano de lançamento:
País:
Gênero:
Estado de espírito:
Duração:

O Refúgio venceu o prêmio do júri de San Sebastian e acho que é bem o tipo de filme que agrada a plateia europeia de festival. Diferentemente da brasileira. Acho que aqui agrada a um nicho que aprecia filme de arte, por ter um ritmo mais lento e por ser sugestivo, passando bem longe dos filmes conclusivos. Eu particularmente […]

Saiba mais