ANIMA MUNDI 2017

Publicado em

Anima Mundi significa “alma do mundo” em latim. O termo existe desde sempre como tradução do princípio fundamental da vida. Alma. Não há nome melhor pra este festival. Faz a brincadeira com “anima” e “animação”, e ainda por cima nos convida a olhar para os traços vindos de todos os cantos do planeta como a expressão sem limites, aquela que extravasa, que não cabe em rótulos, que transcende o mundo como conhecemos. Vai para a imaginação. E lá é o lugar onde tudo é permitido e possível.

Do vídeo de depoimentos de animadores exibido na abertura do Anima Mundi 2017, gostei quando disseram que fazer uma animação é materializar um sonho. Esse é o lugar onde o pai coloca o filho dentro da mala (Negative Space, imagem acima), onde o cabelo de uma mãe é capaz de salvar seus filhos das mais variadas encrencas da vida (About a Mother, trailer abaixo), onde caranguejos fazem um casal de idosos dançar na praia e redescobrir o amor (Ao Entardecer) – só pra citar a narrativa de três lindos curtas que fazem parte do festival. Negative Space, que conta a história do filho que criou o vínculo afetivo com o pai aprendendo a arrumar a mala, levou o Grande Prêmio no Rio, e disputa, automaticamente, uma vaga no Oscar 2018. É uma pérola.

Garimpe. São 345 produções de 45 países, sendo 70 brasileiras. Tem fórum de atividades e debates, homenagens, foco na animação canadense, sessões infantis, mostras especiais. Além dos 25 anos do festival, comemora-se também os 100 anos da animação brasileira.

Clique aqui para ver a programação no site do Anima Mundi.

 

 

 

 

CINE VISTA, CINEMA AO AR LIVRE!

Publicado em

Quem esteve no evento do ano passado vai querer voltar. Fui numa noite clara – e fria – de inverno e o terraço do Shopping JK Iguatemi estava mais do que convidativo. Você escolhe sua cadeira, pega sua almofada, se cobre confortavelmente com uma manta e assiste, ao ar livre, a filmes deliciosos. Além da seleção ser especial e eclética, o programa em si é um charme. Eu fui e vou repetir.

Deu tão certo que este ano resolveram abrir para o público. Ano passado era só para convidados e assisti ao maravilhoso clássico Cinema Paradiso – pela enésima vez! Foi como reproduzir aquela cena mágica do filme. Agora você pode comprar (inclusive, a partir de hoje está disponível pelo site Ingresso.com) e aproveitar para rever filmes clássicos, ou assistir aos premiados do ano e ainda aos que nem estrearam.

Sempre morro de inveja das sessões a céu aberto do Festival de Cannes. É na praia… Deve ser espetacular. Como dizem que a praia do paulistano é o shopping, produzir sessões como essa no terraço, com vista para a cidade, me parece uma saída bem humorada e muito chique.

Esta 2a edição do Cine Vista no JK Iguatemi acontece de 22 a 27 de julho e é para toda a família. Se quiser levar a criançada, as sessões do fim da tarde são infantis  e teremos, por exemplo, Uma Aventura Lego – não tem quem se identifique! Se a ideia é rever alguns dos sucessos premiados em 2014, recomendo Clube de Compras Dallas, em que Matthew McConaughey está espetacular e mereceu levar o Oscar de melhor ator, e Jared Leto levou na categoria coadjuvante. Filmaço, mas para adultos!

E ainda você vai poder assistir a alguns filmes que ainda não foram lançados e que terão sua pré-estreia justamente no CINE VISTA. É o caso de Mesmo se Nada Der Certo, de John Carney, o mesmo diretor de Apenas Uma Vez, que é pra lá de sensível e tem muita música boa. Apostando nele, aí vai o trailer para você ir se preparando e escolher de acordo com o estado de espírito. Esse certamente é para ver bem acompanhado.

22/07

18h – Turbo
20h30 – Pré Estreia: Apenas uma Chance
23h – Blue Jasmine

23/07
20h30 – Pré Estreia: Mesmo se Nada der Certo
23h – Gravidade
24/07
18h – Os Muppets 2
23h – Ela
25/07
18h – Os Croods
20h30 – Trapaça
23h30 – Pré Estreia: Chef
26/07
18h – Malévola
20h30 – O Grande Gatsby
23h30 – Sex Tape: Perdido na Nuvem
27/07
 20h30 – Álbum de Família