FESTIVAL DE CURTAS DE DIREITOS HUMANOS – ENTRETODOS 9

Publicado em

Em tempos difíceis – aliás, quando é que foi fácil? – na questão dos direitos humanos, reunir material cinematográfico sobre o assunto é sempre interessante. O Festival de Curtas de Direitos Humanos, ENTRETODOS 9 vai ter mais de 80 exibições em diversas regiões de São Paulo, de graça!

Em números, o festival apresenta 25 filmes, sendo 19 nacionais e 6 estrangeiros, de países como Itália, Argentina, Turquia e Índia. Veja a programação no link do festival e aproveite!

Meu destaque é o ótimo documentário “Uma Família Ilustre‘, de Beth Formaggini. O psicólogo militante dos direitos humanos Eduardo Passos entrevista o ex-delegado de polícia Claudio Guerra, hoje bispo evangélico. Com a maior cara de pau (inacreditável), reconhece os desaparecidos, conta como deram fim nos corpos e detalhes de como foram incinerados. Estava cumprindo ordens. Simples assim.

 __________________________
PROGRAME-SE:
Curadoria: Manuela Sobral e Jorge Grinspum
Quando: de 16/06 a 22/06
Onde: vários espaços, Spcineo Centro Cultural São Paulo, Cine Olido, Centro de Formação Cultural Cidade Tiradentes, além de 19 CEUs

III FESTIVAL DE FINOS FILMES

Publicado em

Até dia 1º de abril, o Festival de Finos Filmes está com inscrições abertas. É um festival de curtas, de no máximo 20 minutos. Um ótimo canal para novos cineastas mostrarem seu trabalho. O festival acontece de 4 a 11 de maio.

Condições para inscrição:

  • os filmes devem ter no máximo até 20 minutos
  • não há categorização por nacionalidade ou gênero
  • o realizador não pode ter longa-metragem em seu currículo

TELECINE COM SINAL ABERTO PRA QUEM QUISER!

Publicado em

Até dia 07 de março, mesmo sem ser assinante do Telecine, você pode assistir aos filmes. O sinal está aberto, então aproveita!

Alguns filmes bons, com comentário aqui no blog pra você acertar no programa.

 

Birdman

Boyhood – Da Infância à Juventude

A Teoria de Tudo

Selma – Uma Luta Pela Igualdade

Caminhos da Floresta

A Garota Exemplar

O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos

Os Boxtrolls

Invencível

Planeta dos Macacos: O Confronto

Leviatã

Livre

Malévola

 

 

7 ÓTIMOS FILMES DE 2015

Publicado em

Todos foram bem comentados e merecem ser vistos. Tem pra todos! Estado de espírito, estilo e nacionalidades diferentes.

  1. O JOGO DA IMITAÇÃO, de Morten Tyldum (EUA) | Com Benedict Cumberbatch e Keira Knightley, sobre a vida de Alan Turing – gênio da matemática que inventou o protótipo do computador durante a Segunda Guerra, para decodificar a estratégia nazista. – PARA ENTENDER O NOSSO MUNDO

 

  1. WHIPLASH – EM BUSCA DA PERFEIÇÃO, de Damien Chazelle (EUA) | Com JK Simmons, o filme mais eletrizante do ano. Tem uma força visceral, chega a deixar o espectador exausto. Não é sobre o desafio de vencer a qualquer custo, mas sobre o desafio e prazer de derrotar o outro. – PARA SE EMOCIONAR

 

  1. BOYHOOD – DA INFÂNCIA À JUVENTUDE, de Richard Linklater (EUA) | Pelo ineditismo de filmar 12 anos da vida de uma família, em tempo real. – PARA SE EMOCIONAR, PARA VER EM FAMÍLIA

 

  1. RELATOS SELVAGENS, de Damián Szifrón (Argentina) | Quem é que nunca teve um dia de fúria? Seis histórias de tensão crescente, sempre angustiante. Fala dos sentimentos humanos mais viscerais, daquilo que é mais instintivo, que parece que os personagens perdem o filtro da consciência humana. Vale cada segundo de genialidade e criatividade do roteiro. – PARA PENSAR

 

  1. O SAL DA TERRA, de Win Wenders e Juliano Salgado (EUA, Brasil) | Documentário biográfico sobre a vida do fotógrafo Sebastião Salgado, desde sua formação em Minas, até o exílio na França em 1969 e sua volta ao Brasil. Vida dedicada a capturar as imagens da vida humana sob condições extremas nos cinco continentes, como as pessoas interagem com o meio ambiente em que vivem. – PARA ENTENDER O NOSSO MUNDO

 

  1. DIVERTIDA MENTE, de Pete Docter, Ronaldo Del Carmen (EUA) | Melhor animação do ano, mostra como funciona a mente humana, mais especificamente na idade em que a criança sai do conforto da infância e passa ambiguidade da adolescência. – PARA SE DIVERTIR, PARA SE EMOCIONAR

 

  1. QUE HORAS ELA VOLTA?, de Anna Muylaert (Brasil) | Com Regina Casé, foi o filme brasileiro mais comentado do ano, fez carreira nos festivais do mundo e deu o que falar. Sobre a relação entre empregados domésticos e patrões, que se extende a realidade latino americana. Traz à tona a questão da mulher, do seu protagonismo na sociedade e as diferenças sociais enraizadas. – PARA SE DIVERTIR, PARA PENSAR

 

Cinema brasileiro na telona por R$ 3,00!

Publicado em

Dia 9 de novembro você pode assistir a um filme brasileiro na telona por R$ 3,00, em 570 salas da rede Cinemark em todo o Brasil. Para se programar, entre no site PROJETA BRASIL da rede e veja que sala é melhor pra você. Agora, pra escolher o filme, é aqui no Cine Garimpo mesmo.

Veja abaixo a lista de filmes e o comentário. Digo isso porque é sempre bom acertar no programa e escolher o filme de acordo com seu estado de espírito. Bom garimpo!

  • Que Horas Ela Volta?, de Anna Muylaert
  • Trinta, de Paulo Machline
  • Irmã Dulce, de Vicente Amorim
  • Boa Sorte, de Carolina Jabor
  • Os Caras de Pau, de Felipe Joffily
  • Loucas pra Casar , de Roberto Santucci
  • Cassia Eller , de Paulo Henrique Fontenelle
  • SuperPai, de Pedro Amorim
  • Meus Dois Amores, de Luiz Henrique Rios
  • O Duelo, de Marcos Jorge
  • Entre Abelhas, de Ian SBF
  • A Estrada 47, de Vicente Ferraz
  • Sorria, Você Está Sendo Filmado, de Daniel Filho
  • Metanóia, de Miguel Nagle
  • Los Hermanos, de Maria Ribeiro
  • Divã a 2, de Paulo Fontenelle
  • O Vendedor de Passados, de Lula Buarque de Hollanda
  • Sangue Azul, de Lírio Ferreira
  • Qualquer Gato Vira-Lata 2, de Roberto Santucci e Marcelo Antunez
  • Meu Passado me Condena 2, de Julia Rezende
  • Carrossel, de Alexandre Boury e Mauricio Eça
  • Linda de Morrer, de Cris D’Amato
  • O Último Cine Drive-In, de Iberê Carvalho
  • Entrando Numa Roubada, de André Moraes
  • A Esperança é a Última que Morre, de Calvito Leal
  • Vai Que Cola, de César Rodrigues
  • Operações Especiais, de Tomás Portella
  • SOS Mulheres ao Mar 2, de Cris D’Amato